Mogi das Cruzes subiu sete posições no ranking das 100 melhores cidades brasileiras para se investir em negócios, com população acima de 100 mil habitantes. A cidade que tem recebido investimentos em diversos setores, como educação e saúde, além de uma política pública consolidada para a atração e implantação de novas empresas, passou do 75º lugar em 2017 para 68º em 2018. O estudo foi publicado pela revista Exame da última semana e traz o levantamento feito pela consultor Urban Systems com base em indicadores sociodemográfico, econômico, de saúde, educação, financeiro, transporte e infraestrutura.

“Mesmo em um momento de crise, não paramos de fazer investimentos e mantivemos todos os serviços funcionando. Seguimos crescendo e subindo posições em um ranking de alta credibilidade como este em que grandes empresas se espelham. É o resultado do trabalho diário que fazemos pelo desenvolvimento de nossa cidade, apoiando e oferecendo condições favoráveis para novos empreendimentos e fomentando a tecnologia e a inovação”, afirmou o prefeito Marcus Melo.

Mogi está entre 62 cidades que avançaram no ranking e está a frente de oito capitais: Manaus (70ª), Fortaleza (81ª), Campo Grande (82ª), Porto Velho (86ª), Aracaju (89ª), Teresina (94ª), João Pessoa (95ª) e São Luís (97ª). O resultado final de Mogi é 10,26 em uma pontuação que vai até 26 pontos possíveis. Além da localização privilegiada e o investimento constante na melhora da infraestrutura, iniciativas da Prefeitura de Mogi das Cruzes, como o Polo Digital de Mogi das Cruzes, a Sala do Empreendedor e leis de incentivo colocam a cidade no radar dos empreendedores.

A expectativa é de que a cidade continue a avançar. A cidade possui quatro distritos industriais com infraestrutura e recentemente foi entregue a Avenida das Orquídeas, que liga os distritos de Jundiapeba e Braz Cubas e será um novo polo de desenvolvimento da cidade. “A Prefeitura tem se empenhado para facilitar a vida do empreendedor, desburocratizando a estrutura pública, além de promover nossa cidade para outros países. Com certeza este novo avanço é resultado deste trabalho”, disse o secretário de Desenvolvimento Econômico e Social, Clodoaldo de Moraes.

Uma cidade que continua investindo

A educação e saúde na cidade são referências de qualidade. Na rede municipal de ensino de Mogi das Cruzes são atendidos mais de 47 mil alunos, sendo 23,5 em período integral. Estão sendo construídas 15 novas creches, sendo que quatro já foram entregues beneficiando mais de 700 alunos. Os novos prédios são construídos em um novo modelo sustentável com capacidade em geral para 200 alunos. A cidade também receberá um novo Cempre no início do ano letivo de 2020.

Na área de saúde, está em obra o CIAS – Complexo Integrado de Atendimento à Saúde, maior unidade de saúde integrada da cidade, que abrigará a UnicaFisio, Clínica do Homem, Pró-Hiper e Clínica da Pessoa com Deficiência. A terceira UPA- Unidade de Pronto Atendimento também está em construção. Neste sábado (19/10), será o lançamento da pedra fundamental da Maternidade Municipal.

Mogi também se destaca nas áreas de saneamento básico, em que ocupa a 26ª posição entre as 100 maiores cidades brasileiras. A segurança pública tem sido alvo de grandes investimentos, com construção do Polo de Municipal de Segurança, a contratação de novos guardas municipais e a implantação de patrulhas, como a Maria da Penha, Escolar e a Rural.

Desburocratizar e inovar promovendo o desenvolvimento

Para desburocratizar e apoiar os empreendedores da cidade, a Prefeitura de Mogi das Cruzes criou a Sala do Empreendedor que reúne em um mesmo local todos os órgãos ligados ao processo como JUCESP, Cadastro de Contribuintes Mobiliários (CCM) e consulta de viabilidade técnica do uso e ocupação do terreno. Novas empresas podem ser abertas em 24 horas e a inscrição no CCM pode ser realizada em média em 30 minutos. O espaço recebeu o Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor na categoria Desburocratização e Implementação da Rede Simples e o Prêmio InovaCidade 2019, que integrou a programação do Smart City Business Expo Brazil.

As duas premiações também foram recebidas pelo Polo Digital de Mogi das Cruzes, sendo que no prêmio do Sebrae foi eleito o melhor na categoria Inovação e Sustentabilidade. O Polo Digital é referência no empreendedorismo de inovação da cidade, que já conta com seu próprio Sistema Municipal de Inovação que é composto também pelo Conselho Municipal de Inovação e Tecnologia – CMIT, o Fundo Municipal de Inovação e Tecnologia – FMIT e a Escola de Empreendedorismo e Inovação, da Secretaria de Educação.

Os empreendedores também contam com a Plataforma Investe Mogi, que divulga áreas disponíveis na cidade para locação e venda destinadas à instalação de indústrias e grandes empresas e o Programa Mogiano de Atração de Investimentos e Geração de Empregos – Promae Emprega Mogi, que estabelece novas diretrizes e concede benefícios e incentivos fiscais e tributários para empresas que venham se instalar ou as instaladas no município que estejam em processo de expansão.

Fonte: PMMC

Author: Visite Mogi