Mais de seis mil pessoas aproveitaram o último final de semana (13 e 14/05), para conhecer os novos produtos e ouvir as histórias dos produtores mogianos no VI Festival do Cambuci de Mogi das Cruzes, realizado em Sabaúna. Com as tendas sempre cheias de pessoas interessadas em degustar novos produtos e ouvir histórias dos produtores de Cambuci, o evento registrou um recorde de público, segundo os organizadores.

O festival, realizado em parceria pela Prefeitura de Mogi das Cruzes e apoio da Associação de Preservação Ferroviária, Instituto ATÁ, Visite Mogi e o Comtur Mogi das Cruzes, integrou a Rota do Cambuci, coordenada pelo Instituto Auá. O projeto tem a visão de que é possível resgatar elementos históricos, gastronômicos e movimentar a economia local a partir do evento cultural que tomou conta das ruas do distrito. A Rota do Cambuci é composta por 11 municípios parceiros da região do Cinturão Verde de São Paulo.

A animação ficou por conta de diversas atrações, como a Congada de Santa Efigênia, o grupo de Moçambique do Botujuru, a exposição de Bonecos Gigantes do grupo Gira Mundo de Sabaúna e a corrida noturna o Rei da Montanha. Além d parte cultural, o evento apresentou novas receitas e lançamentos que reforçaram o valor do fruto da Mata Atlântica.

O Empório Mata Atlântica, que fica em Salesópolis e é membro da Rota do Cambuci, lançou a inédita paleta de cambuci com leite condensado e Nutella, além de promover a comercialização de itens nos estabelecimentos locais, como suco, vitamina, caipirinha e caldo de cana, todos à base de Cambuci, na lanchonete e na pastelaria localizadas em Sabaúna.

“Os visitantes ficaram muito interessados pelas novidades e as vendas foram excelentes. Devido à quantidade de pessoas que circularam no evento, houve muita saída para produtos de maior valor, como o alambique de cachaça curtida no Cambuci o qual fabrico poucos”, conta Benedito de Souza, o “Gato”, proprietário do empório.

Já os produtores Beth Sá e Junior Magini, de Parelheiros, em São Paulo, conquistaram o público com os licores da marca Recanto Magini e um inédito caldo de mandioca com Cambuci. O Sítio São Francisco, dos produtores Rafael Hussta e Marília Murakami, de Mogi das Cruzes, também fizeram sucesso com a geleia de pimenta e cambuci e seus lançamentos, como licor de Juçara e Cambuci e licor de Camu-camu e Cambuci.

Author: Visite Mogi